1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Reitor da Universidade Eduardo Mondlane

trat2

PROF. DOUTOR ORLANDO ANTÓNIO QUILAMBO
Reitor da Universidade Eduardo Mondlane

Doutorado (2000) em Ciências Naturais pela Universidade de Groningen-Holanda e Diplomado (1987) em Biologia, pela Escola Superior de Gustrow (ex-RDA). Docente de carreira, o Prof. Doutor Orlando António Quilambo frequentou o primeiro curso de Formação de Professores de Biologia para a 5ª e 6ª classes (1977) na Universidade Eduardo Mondlane. Igualmente, pela Universidade Eduardo Mondlane obteve o bacharelato (1982) em Ensino de Química e Biologia para a 10ª e 11ª classes.

 Entre várias qualificações profissionais, o Prof. Doutor Orlando António Quilambo possui experiência em gestão da qualidade no ensino superior. No seu ramo de formação, o Prof. Doutor Orlando Quilambo possui experiência de docência e investigação em Fisiologia e Biotecnologia Vegetal. Desde 2009 é o Presidente da Academia de Ciências de Moçambique, a primeira academia desde género em Moçambique, tendo sido um dos impulsionadores da sua criação e instalação.

Durante o período de pós–graduação, o Prof. Doutor Orlando António Quilambo frequentou vários estágios e cursos de curta duração dentre os quais o Curso de Introdução à Biotecnologia Vegetal (FABI, na Universidade de Pretoria); o Curso sobre o Cultivo de Banana usando o método de cultura de tecidos (MADER, Maputo), ambos em 2002; o Estágio de Pós-graduação em Ecologia Funcional (Nijmegen, Holanda), em 1997; o Estágio sobre Divisão de Agronomia, com particular realce para a Fisiologia do Stress (ICRISAT, Patancheru, India), em 1991. Desde 2004, o Dr Orlando Quilambo é Professor Associado em Fisiologia Vegetal I e II, Ecofisiologia Vegetal e Biotecnologia Vegetal, na Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal e na Faculdade de Ciências, ambas da Universidade Eduardo Mondlane.

Na área de gestão universitária, destaca-se o facto de o Prof. Doutor Orlando António Quilambo ter sido Vice-Reitor Académico da Universidade Eduardo Mondlane desde 2005 até Maio de 2010, data da sua nomeação como Reitor; Director Científico da Universidade Eduardo Mondlane, entre 2001 e 2005; Director da Faculdade de Ciências, entre 1992 e 1995; Director-Adjunto da Faculdade de Biologia, entre1990 e 1992 e Chefe de Departamento de Química e Biologia da Faculdade de Educação, entre 1988 e 1990. Para a sua vasta e rica experiência profissional contribuíram os cursos sobre garantia e gestão de qualidade no ensino superior e de gestão do ensino superior em África (Pretoria e Kampala); Gestão e Administração (EDE-Holanda), em 1992; Gestão Universitária (Harare, Zimbabwe), em 1993; Gestão de sistemas de informação para Reitores e Directores de Instituições de Ensino Superior (ESAMI-Arusha, Tanzania).

No plano científico, além de Presidente da Academia de Ciências de Moçambique, o Prof. Doutor Orlando António Quilambo é, desde 2012, Investigador Principal do projecto para a identificação molecular de fungos arbúsculo-micorrizicos em plantas nativas; Desde 2002 é Investigador Principal do Projecto Delphe, na componente Biotecnologia Vegetal, em cooperação com as Universidades de Pretória e Namíbia; De 1991 a 2001, foi Investigador Principal do projecto DEIBI, componente Fisiologia Vegetal; Entre Março e Agosto de 1991, foi Investigador-Visitante no grupo de trabalho de Ecofisiologia da Universidade de Groningen-Holanda; De 1985 a 1987, foi Assistente no grupo de trabalho de "Assimilação do Nitrogénio", na Escola Superior Pedagógica de Gustrow-RDA, tendo contribuído na investigação sobre os efeitos do stress hídrico na reactividade da enzima GDH, que culminou com um trabalho de tese. Igualmente, como docente e investigador, o Professor Quilambo tem orientado e avaliado várias teses na sua área científica, é autor e co-autor de várias publicações e comunicações, além de revisor de revistas científicas como the African Journal of Agricultural Research, African Journal of Microbiological Research, Journal of Plant Interactions, ScienceAsia, Journal of the Science Society of Thailand, Revista Científica da Universidade Eduardo Mondlane, entre outras. Foi e é supervisor de vários trabalhos de licenciatura e dissertações e teses de Mestrado e Doutoramento, na sua área de especialidade, além de ter servido de membro do júri de algumas defesas de licenciatura, Mestrado e Doutoramento.

O Prof. Doutor Orlando António Quilambo obteve várias distinções entre as quais se destacam: Urkunde-Anerkennung für vorbidliche Leistungen im Ernst-Thälman Aufgebot der FDJ, Güstrow, em 1986; Diploma de reconhecimento dos resultados exemplares na campanha Ernst-Thälman.Galerie der Besten, in Anerkennung der Leistungen in der Zeit von, em 1985; Galeria dos Melhores, em reconhecimento dos excelentes resultados académicos; Diploma de honra, como reconhecimento dos méritos no estudo e enquadramento dos estudantes moçambicanos na RDA, em 1986; Embaixada Salvador-Allende Stipendium-1985-Ministerrat der DDR-Ministerium für Hoch and Fachschulewesen; Bolsa máxima atribuída aos estudantes estrangeiros, pelo Ministério do Ensino Superior e Técnico da ex-RDA, e, Medalha Bagamoyo atribuída pela Assembleia Popular, em 1989, pela sua contribuição na educação em Moçambique.

...