1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Seminário Científico debate Saúde Sexual e Reprodutiva da rapariga

desaf-semA UEM acolheu, no passado dia 16 de Setembro, o Seminário de Reflexão sobre o Programa Desafio, com ênfase para a questão da Saúde Sexual e Reprodutiva e HIV/SIDA. A situação da saúde da rapariga e os casamentos prematuros continua a merecer uma atenção especial nesta segunda fase do projecto "Desafio", que segue até 2017.
Outros temas que mereceram debate foram os Direitos do homem; os Direitos Sociais e Proteção Social; o Género, a Saúde em geral e Questões da Família; a Capacidade Institucional e Bio-Estatística e Modelação.
O programa "Desafio" é uma parceria entre a UEM e as universidades flamengas da Bélgica, com financiamento do governo Belga, e envolve programas de pós- graduação, investigação científica e extensão universitária.
Este projecto, iniciado em 2008 na UEM, já resultou na formação de 14 mestres e 2 Doutores cujos resultados dos trabalhos de investigação estão a ser utilizados para o desenvolvimento da humanidade.
Na ocasião, o Reitor da UEM, o Prof. Doutor Orlando Quilambo, disse esperar que os resultados das pesquisas que têm sido levadas a cabo, através deste projecto, permitam que esta Universidade contribua para a elaboração de políticas que tomem em conta a questão da saúde sexual e reprodutiva em termos jurídicos, médicos e socioculturais.
O Reitor frisou a necessidade do seminário servir de espaço para a consolidação de parcerias firmadas no passado e a firmação de outras novas, que contribuam para o incremento da melhoria das condições de ensino e investigação e que, tais parcerias, possam ser a plataforma de transposição dos resultados para as comunidades, através de actividades de extensão.
O programa Desafio tem como principal objectivo o fortalecimento da capacidade institucional da UEM no que toca a pesquisa, o ensino e a extensão.
De acordo com a Coordenadora local do Projecto Desafio, a Dra. Nafissa Osman, esta segunda fase (2013-2017) tem como epicentro a questão da Saúde Sexual e Reprodutiva e HIV/SIDA, compreendendo dois objectivos, o académico e o de desenvolvimento. O objectivo académico visa fortalecer a UEM como actor de desenvolvimento na sociedade moçambicana na área de saúde reprodutiva e HIV/SIDA enquanto o objectivo de desenvolimento tem em vista melhorar a saúde reprodutiva na sociedade e contribuir no combate nacional ao HIV/SIDA.