1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Maputo acolhe 23ª Conferência Anual da SAARMSTE

SAARMSTE1

Decorre de hoje, dia 13 até ao próximo dia 16 Janeiro, a 23ª Conferência Anual da SAARMSTE (Southern African Association for Research in Mathematics, Sciences and Technology Education), uma organização regional. Investigadores de 18 países que participam no evento vão discutir em torno da docência e investigação no ensino de Matemática, Ciências e Tecnologias na África Austral.
A conferência se realiza sob o lema "Mathematics, Sciences and Technology Educations for Empowerment and Equity " (Educação da Matemática, Ciência e Tecnologia para o Empoderamento e Equidade).
O Reitor da UEM, o Prof. Doutor Orlando Quilambo, falando no encontro, afirmou que o lema adoptado sugere grandes desafios para docentes, investigadores e aos fazedores de políticas educativas.
De acordo com o Reitor, num país como o nosso, onde o número de raparigas nos cursos de Matemática, Ciências e Tecnologias continuam reduzidos, o lema remete à reflexão sobre que estratégias e políticas educacionais poderão auxiliar no acesso de mais raparigas a educação, sua retenção para os cursos de ciências e tecnologias.
Por outro lado, o Reitor da UEM reconheceu que "muitos dos nossos estudantes a nível de pós-graduação e os nossos docentes continuam tendo a oportunidade de crescer académica e profissionalmente, através das conferências anuais e das escolas de investigação SAARMSTE - Research School", disse.
A 23ª Conferência Anual da SAARMSTE é uma organização conjunta da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) e Universidade Pedagógica (UP). Prof. Quilambo afirmou que os objectivos da SAARMSTE encontram alinhamento com a visão e missão da UEM e UP, que têm a investigação como alicerce do processo de ensino e aprendizagem, acrescentando que, para que haja uma melhoria da qualidade de ensino, a docência deverá sustentar-se na investigação.
No encontro, a Presidente da SAARMSTE, a Prof. Doutora Mercy Kazima, apelou para a necessidade de os governos da região austral de África investirem seriamente para o apetrechamento de laboratórios. Segundo ela, a ausência de laboratórios equipados está a comprometer a investigação e docência em muitas instituições de ensino superior da região, com destaque para as áreas das ciências exactas como são os casos do ensino da Matemática, Ciências e Tecnologias.
A Southern African Association for Research in Mathematics, Sciences and Technology Education foi criada em 1992, em Draskenburg, África do Sul, com o objectivo de promover a divulgação dos resultados de investigação no ensino de Matemática, Ciências Naturais e Tecnologias.