1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Faculdade de Ciências inaugura edifício do Departamento de Geologia

Inauguracao-Dpt-GeologiaA Faculdade de Ciências da Universidade Eduardo Mondlane inaugurou, no dia 17 de Dezembro, o edifício do Departamento de Geologia, após a reabilitação. As obras contaram com o apoio da Eurasian Natural Resources Corporation (ENRC) e consistiram na reabilitação total e apetrechamento do Departamento, com objectivo de melhorar as condições de ensino-aprendizagem, de investigação e de trabalho.
Os trabalhos consistiu, concretamente, na modernização das instalações; apetrechamento em mobiliário de escritório, de salas de aulas e material de ensino e aprendizagem; aquisição e apetrechamento com computadores dos Laboratórios de Sistemas de Informação Geográfica, e da sala de informática de estudantes; instalação e apetrechamento da Cafeteria bem como modernização do jardim.
Falando na ocasião, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, disse esperar que o edifício renovado e apetrechado contribua para a criação de uma melhor plataforma para o ensino das geociências e que possa catalisar a produtividade intelectual tendo como base um ambiente mais atractivo para o ensino, investigação e prestação de serviços a comunidade.
“Ao recebermos esta obra a nossa expectativa é também de que os graduados dos diferentes cursos ministrados neste Departamento possam fazer a diferença dentro da universidade, na sociedade aos olhos do público e na história do desenvolvimento da área geológico-mineira no nosso País”, disse o Reitor.
A UEM vem formando geólogos desde 1963, contudo, segundo o Professor Quilambo, os recentes desenvolvimentos do País colocam a instituição enormes desafios para a colocação de especialistas com competências e habilidades diversificadas para responder às necessidades do mercado de trabalho.
“É assim que para enfrentar esses desafios a UEM desenhou um plano de formação de geocientistas e engenheiros e aprovou a sua nova missão e visão que preconiza o aprimoramento da investigação científica para alimentar o nosso processo de formação”, explicou.
O Departamento de Geologia conta presentemente com um total de 250 estudantes nos cursos de licenciatura em Geologia Aplicada e Cartografia e Pesquisa Geológica, 34 estudantes de Mestrado nos cursos de Gestão de Recursos Minerais e Geohidrologia.
A directora da Faculdade de Ciências, Profª. Doutora Amália Uamusse, manifestou satisfação ao receber o edifício reabilitado, contudo, afirmou que “para melhor respondermos aos muitos moçambicanos que aguardam a oportunidade de ingressar nos nossos cursos, necessitamos de um edifício com um espaço maior. Desse modo estaríamos melhor preparados para continuar a responder aos desafios presentes e futuros, que antevemos com a dinâmica da prospecção de recursos minerais e hidrocarbonetos no nosso País”.
Por sua vez, o director-geral da ENRC, Dr. José Dai, disse ser intenção da sua organização continuar a trabalhar com instituições de ensino no sentido de capacitar mais moçambicanos para que possam entrar na área de mineração.
A acção da ENRC na UEM é resultado de memorando de entendimento assinado entre as partes, em 2010. Entre as várias acções realizadas desde essa altura, destacam-se a atribuição de bolsas de estudo a 21 estudantes dos cursos de licenciatura e mestrado do Departamento de Geologia, que cobre despesas de taxa de inscrição, propinas, material didáctico, alojamento, alimentação e assistência médica e medicamentosa.
Para além disto, os estudantes bolseiros da ENRC realizam anualmente estágios profissionais na área de Licença de prospecção e pesquisa de carvão na Província de Tete, com acompanhamento de técnicos e especialistas da Empresa.
Igualmente, a empresa disponibiliza, desde 2011, apoio financeiro para a cobertura de parte das actividades de trabalho de campo conhecidas por AJUS, realizadas pelos estudantes de Geologia.