1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Marcha e Feira de Saúde marcam o Dia Internacional do Estudante

IMG 8368Uma marcha que partiu da estátua Eduardo Mondlane e desaguando no Pavilhão Gimnodesportivo da UEM marcou as actividades que serviram para assinalar o 17 de Novembro, Dia Internacional do Estudante, hoje celebrado. No recinto do Pavilhão foi organizada uma feira de saúde e exposição de produtos diversos.
Falando no evento, o Reitor da UEM, o Prof. Doutor Orlando Quilambo, disse que a UEM continuará a envidar esforços para que os estudantes continuem a ser agentes importantes nos processos de docência, investigação e extensão. Para o efeito, diversas actividades têm lugar, tais como a capacitação do corpo docente, a construção de mais infra-estruturas para o aumento do espaço de docência, investigação e lazer.
Segundo Quilambo, outras actividades incluem a criação de um Centro Estudantil para a prestação de serviços de aconselhamento e de outras formas de apoio aos estudantes, bem como a criação nas residências universitárias de Centros Académicos para apoio aos estudantes recém-ingressados.
Todavia, o Reitor da UEM exortou aos estudantes para que denunciem todos os tipos de fraude, desde cópias de trabalhos de anos anteriores, encomendas de teses a empresas especializadas, entre outros.
Na sequência, o Presidente da Associação dos Estudantes Universitários da UEM, Nuno Horácio, disse ter acolhido todas as recomendações deixadas pelo Magnífico Reitor da UEM.
O dia internacional do estudante que hoje se assinala contou ainda com uma sessão de ginástica onde participaram cerca de 500 estudantes. No campo cultural ficou marcado pelas actuações de jovens sonantes da música moçambicana como o rapper Duas Caras, do grupo G Pro e o músico da província de Sofala Twenty Fingers, entre outros.IMG 8516