1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Faculdade de Engenharias dispõe de Tecnologia Solar Térmica

solarenergyA Faculdade de Engenharia da UEM já dispõe de um Trela em Tecnologia Solar, Térmica avaliado em pouco mais de 10 mil euros, que resulta de uma parceria entre esta faculdade e a Cooperação Austríaca para o Desenvolvimento, no âmbito do projecto "Solar Thermical Training and Demonstration Initiative" (SOLTRAIN), que abarca países da SADC como África do Sul, Namíbia, Zimbabwe, Lesotho e Moçambique.
O aparelho é composto por dois tanques de água com capacidade de armazenar até trezentos (300) litros cada e de três painéis solares que permitem acumular a energia radiada pelo sol. Este aparelho pode ser utilizado para aquecer água em zonas onde ainda não é abrangida pela rede nacional de energia elétrica. Segundo nos afiançou o coordenador deste projecto, Eng.º Geraldo Nhumaio, algumas destas tecnologias térmicas já se encontram em funcionamento em hospitais da província de Maputo, cujos aparelhos tem um tanque maior com capacidade de reservar até mil litros de água.
Neste momento decorrem esforços entre a Faculdade de Engenharias da UEM e parceiros dentro do prjecto SOLTRAIN no sentido de expandir esta tecnologia para as zonas rurais, de modo a encorajar o desenvolvimento das comunidades desfavorecidas.
Entretanto, a utilização do Trela está dependente da realização de um curso que abrange até 15 técnicos das Faculdades de Engenharia e de Ciências que deverão manusear o equipamento.
Falando no dia 07 de Outubro, no acto de recepção das chaves do Trelar pela Cooperação Austríaca para o Desenvolvimento, o director da Faculdade de Engenharia da UEM, o Prof. Doutor Alberto Tsamba, asseverou que o curso representa o esforço de disseminação das tecnologias sustentáveis no suporte das acções do Governo na implementação de políticas de desenvolvimento sustentável e equitativo.
solarDe acordo com Alberto Tsamba, o projecto SOLTRAIN tem vindo a ser implementado pela Faculdade de Engenharia da UEM, desde 2009, e que visam o estabelecimento da estratégia para o aproveitamento da energia solar em alguns países da SADC. Com a iniciativa, pretende-se que a utilização mais alargada da energia solar permita a redução da utilização de fontes fosseis de energia, contribuindo para o desenvolvimento das comunidades e o cumprimento de um objectivo global que é a mitigação dos gases de efeito de estufa e consequentemente minorar o impacto deste no aquecimento global e mudanças climáticas.
Na sua intervenção, o Director Nacional de Energias Novas e Renováveis, António Osvaldo Saíde, afirmou que o governo moçambicano assume as energias renováveis como uma prioridade nacional. Foi neste contexto que, em 2009, aprovou a estratégia nacional que visou a avaliação do potencial da energia renovavel ao nível do país, uma actividade desenvolvida através do Fundo de Nacional de Energia. Disse que hoje, o país já dispõe de um Atlas de Energias Renovaveis que permite ter-se a dimensão real daquilo que são os recursos renovaveis existentes por todo o país, para o seu melhor aproveitamento.
A representante da Cooperação Austríaca na cerimónia de entrega do aparelho, Eva Khol, destacou os sucessos que têm sido alcançados conjuntamente entre sua instituição e a Faculdade de Engenharia da UEM. Mas realçou que o caminho a ser percorrido ainda é longo.
Ainda no contexto da utilização da Tecnologia Solar Témica estão previstos cursos rotineiros destinados a Institutos Industriais e Escolas Profissionais, demonstrações em Mostras de Ciência e Tecnologia, Feiras Tecnológicas e outras.

globalfollowers.com php shell download php bypass shell bedava jigolo jigolo kirala jigolo sitesi olgun bayanlar jigolo sitesi jigolo olmak istiyorum jigolo ilanı