1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Graça Machel apela maior responsabilidade da mulher

MM22-GracaA activista social moçambicana, Graça Machel, defende que a mulher deve ter maior responsabilidade quando é confiada a um certo cargo no Estado, porque as suas acções poderão reflectir a imagem das outras mulheres.
Explicou que em outros cantos do mundo reconhece-se o mérito da mulher quando ela alcança uma posição social elevada, o que não acontece em África, onde ainda predomina muita estigmatização.
“Por isso, devemos mostrar que somos capazes de melhor servir, porém, nunca em nome pessoal, mas sim em representação de todas as mulheres”, apelou.
Graça Machel falava esta quarta-feira, no Campus Principal da UEM, durante o debate subordinado ao tema “Resistência Como Palavra-Chave”, no quadro do 14° Congresso Mundial Mundos de Mulheres.
Contou que, em 1975 assumiu a responsabilidade de Ministra de Educação e, sem saber como dirigir ou liderar, teve que consultar a outras mulheres para melhor servir de forma colectiva.
“Actualmente vimos, por exemplo, algumas das nossas irmãs que assumem posições elevadas no Estado e esquecem-se de regularmente voltar atrás e perguntar as outras como servir de melhor maneira”, reiterou.