1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Reitor apela dinamismo no Gabinete Jurídico

Visita-GJ

O Reitor da UEM, Prof. Doutor Manuel Guilherme Júnior, apelou à Direção do Gabinete Jurídico da Universidade que fosse mais dinâmica na sua actuação, explicando que maior parte dos processos disciplinares e criminais encaminhados ao sector está com prazos vencidos.
Afirmou que a UEM forma melhores juristas do País, daí que não entende a razão da falta de atenção e celeridade na tramitação dos documentos.
“Quero um Gabinete Jurídico muito activo, que responde aos nossos processos dentro dos prazos. Temos reforço de mais dois advogados, por isso não devemos mais ter processos disciplinares e criminais fora dos prazos”, exigiu.
Guilherme Júnior falava na terça-feira, durante a visita que efectuou ao Gabinete Jurídico da UEM, no âmbito dos primeiros meses da sua governação, tendo igualmente apelado a revisão dos regulamentos dos órgãos colegiais, alegando que estão desajustados à realidade actual.
“Estamos a funcionar numa situação em que os períodos impostos pelo regulamento para a convocação dos órgãos colegiais é longo e nunca conseguimos convocar dentro destes termos”, alertou.
Acrescentou que há necessidade de rever o regulamento ou guião de eleição dos directores das faculdades e escolas, argumentando que este documento tem sido fonte de grande instabilidade no acto da indicação destes dirigentes.
“Os directores, quando nomeados, devem ter uma indução de modo a compreenderem, por exemplo, que os cargos de direcção e chefia são também de confiança e exigem lealdade, argumentou.