1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Estudantes avaliam positivamente o primeiro semestre

Estudantes

Os estudantes da Universidade Eduardo Mondlane avaliam positivamente o primeiro semestre deste ano, comparativamente a igual período do ano passado. Afirmam que as aulas presenciais são o melhor método de ensino porque facilitam o processo de ensino e aprendizagem, permitindo interação com os professores e colegas.
Wendy Dimande, estudante do curso Biologia Marinha Aquática e Costeira, afirmou que as aulas presenciais são melhores em relação às virtuais porque há mais interação com os colegas e professores.
“Nas aulas presenciais temos mais pressão e, ao fazer algum trabalho, dá menos preguiça porque é presencial, mas no tempo em que tínhamos aulas online tínhamos mais distrações, e menos vontade de estudar”, salientou
Em relação à avaliação do aproveitamento pedagógico, a estudante classifica o semestre como sendo positivo.
Por sua vez, Narciso Chambane, estudante do curso de agronomia, disse que as aulas presenciais facilitam no momento de esclarecimento de dúvidas. “Eu em particular tive muitas dificuldades no período das restrições, porque a rede não permitia que tivesse aulas de forma eficaz”, afirmou.
Arnaldo Júnior, estudante do curso de engenharia mecânica, iniciou o curso no ano em que despoletaram os primeiros casos da Covid-19 no País, e afirma que não teve uma boa experiência durante este período. “Tive que me reinventar para suprir as dificuldades. O meu aproveitamento nesse período não foi significativo. Este ano, sinto que estou a estudar de facto”.
A estudante do terceiro ano de Jornalismo Camila Botão, disse que o semestre correu bem e as aulas presenciais trouxeram uma outra dinâmica, no entanto, espera que não haja mais interrupções das aulas devido a pandemia.
“Eu pude vivenciar a intensidade de estar numa academia de forma presencial, a pressão, o dia-a-dia me fez perceber que a academia é exatamente o que estamos a fazer, estou a gostar da forma como estamos a estudar,” explicou
Milton Cuambe, estudante da Escola Superior de Ciências do Desporto, afirmou que com a retoma das aulas presenciais foi possível perceber que as matérias dadas de forma online não eram profundas. “Estudar de forma presencial é fácil, e o semestre correu bem. Consegui aprovar em todas as cadeiras”.