1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

UEM e AT estudam formas de cooperação

UEM-AT-01

A Universidade Eduardo Mondlane e Autoridade Tributária de Moçambique (AT) estão a analisar as formas de cooperação multissectorial.
Num encontro decorrido esta terça-feira, na Reitoria da UEM, os dirigentes das duas instituições públicas colocaram em cima da mesa a possibilidade de um intercâmbio principalmente nas áreas de pesquisa e investigação bem como da educação aduaneira.
A Presidente da AT, Amélia Muendane, disse na ocasião que a sua instituição pode ser uma mais valia para a Universidade Eduardo Mondlane em matérias do domínio tributário aduaneiro.
UEM-AT-02“Temos especialistas destas áreas e podemos estabelecer linhas de abordagens no âmbito do desenvolvimento de simpósios, palestras, conferências e debates, porque há necessidade de se saber como tratar estas matérias no campo de investigação”, referiu.
Explicou que, a AT tem em manga um projecto denominado “Sino do Académico”, que irá garantir maior interação com a academia em matérias tributárias, sendo a universidade um actor importante para a materialização da iniciativa em Outubro próximo.
Por sua vez, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Manuel Guilherme Júnior, disse que a universidade identifica-se com projectos como “Sínodo Académico”, sugerindo também uma parceria com o centro de formação que a AT tem no distrito de Moamba.
“Seria um elemento adicional no memorando que pretendemos assinar e, no centro, podemos promover a capacitação de quadros de ambas as instituições em determinadas áreas de interesse”, sugeriu.
O Reitor convidou a dirigente máxima da AT, na qualidade de ALUMNI, a aderir à iniciativa “Padrinho da UEM”, como forma de contribuir no apoio prestado aos jovens que não têm condições financeiras para concluir os estudos na universidade.
“Temos igualmente a iniciativa NAMING, que constitui uma ponte de interacção com várias entidades para a mobilização de fundos destinados à reabilitação de infraestruturas da universidade. Se for para melhorar as condições de um laboratório, por exemplo, o mesmo pode passar a ostentar o nome de Autoridade Tributário”, explicou.
No final do encontro, que contou com a presença dos directores das Finanças, Centro de Comunicação e Marketing e da Faculdade de Economia da UEM, as duas instituições comprometeram-se de analisar as propostas de cooperação para a renovação do memorando de entendimento já existente.