1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

CRI prepara segunda fase da Reforma Institucional da UEM

CRI-2Reforma

O Comité de Reforma Institucional da Universidade Eduardo Mondlane realizou ontem e hoje (11 e 12/08) um retiro com objectivo de desenhar os termos de referência e o plano de acção para fase de implementação da transformação da UEM em Universidade de Investigação.
O encontro serviu também para incorporar as recomendações da comunidade universitária, auscultada durante às visitas as unidades académicas e no Seminário da Reforma Institucional realizado no dia 22 de Julho.
O processo de Reforma Institucional iniciou formalmente em 2020 e, neste ano de 2022, inicia a fase da implementação das acções da Agenda da Reforma Institucional. Trata-se de um processo que resulta de uma reflexão profunda alinhada com a Visão da UEM de “ser uma universidade de referência nacional, regional e internacional na produção e disseminação do conhecimento científico e na inovação, destacando a investigação como alicerce dos processos de ensino-aprendizagem e extensão” e com a missão de “produzir e disseminar o conhecimento científico e promover a inovação através da investigação como fundamento dos processos de ensino-aprendizagem e extensão, educando as gerações com valores humanísticos de modo a enfrentarem os desafios contemporâneos em prol do desenvolvimento da sociedade”.
O Comité de Reforma Institucional é um órgão consultivo e de aconselhamento, de nomeação reitoral, criado no âmbito da transformação da UEM numa Universidade de investigação.