1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

49 equipas disputam IX Edição dos Jogos da UEM

jogos-uem-2022

O Pavilhão Gimnodesportivo foi palco hoje (30/07) da cerimónia de abertura da IX Edição dos Jogos da UEM. O arranque do certame marca o fim de três anos de interrupção devido a pandemia da Covid-19, que limitou a prática de actividades desportivas.
A decorrer sob lema “UEM, celebrando 60 Anos de Ensino Superior em Moçambique”, esta Edição conta com a participação de 49 equipas, das quais 35 em masculinos e 14 femininos, num total de 626 atletas e enquadra-se no âmbito das actividades extracurriculares, cultural e socialização entre os estudantes dos diversos cursos e instituições do ensino superior do país.
jogos-uem-2022-3Para além das faculdades e escolas da UEM, incluindo as localizadas fora de Maputo, participam dos jogos instituições de ensino superior convidadas tais como Academia de Ciências Policiais, Instituto Superior de Comunicação e Imagem e o Instituto Superior de Ciências de Saúde. Participa também a Associação de Estudantes Nativos e Amigos da Zambézia.
As equipas competem nas modalidades de Futsal, futebol de 11, basquetebol, voleibol e xadrez.
Falando na cerimónia de abertura, o Vice-Reitor para Administração e Recursos da UEM, Prof. Doutor Joel das Neves Tembe, disse que a Universidade Eduardo Mondlane concebeu, desde sempre, a promoção e a prática desportiva como direito fundamental para ao cidadão, como um elemento central para o desenvolvimento sociocultural e a consolidação da Unidade Nacional, incluindo a socialização no seio da Comunidade Universitária e com outras Instituições do Ensino Superior. O entendimento é de que a prática desportiva representa um factor dinamizador, de comunicação, de partilha de interesses e opiniões, de emoções e de sentimentos.
“Queremos que esta singular ocasião seja de convívio e que seja aproveitada para a troca de experiências não só desportivas, como também no domínio académico e sociocultural. Queremos que os jovens aqui presentes encontrem neste evento um momento de afirmação da sua identidade, uma ocasião de realização espiritual e moral, altura de exaltação de valores mais altos da humanidade, da cidadania e do patriotismo com sentido de respeito pelo outro”, apelou.
Pediu aos estudantes/jogadores, treinadores e dirigentes desportivos envolvidos nos jogos a primarem pelo fair play, para que a IX Edição dos Jogos da UEM cumpra com o seu papel educador e de integração da comunidade universitária, “a fim de que seja vivido como a expressão das virtudes mais nobres de acções humanas, no espírito de paz e de alegria”.
O primeiro dia foi marcado também pela realização de dois jogos, Futsal em femininos e Basquetebol em masculinos. Em Futsal, a ESUDER perdeu diante do Instituto Superior de Comunicação e Imagem (ISCIM) por 01-08 e Basquetebol a ACIPOL venceu a ESHTI por 79-50.

jogos-uem-2022-1