1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Reitor convida Eng. Mariano Júnior a integrar o corpo de Embaixadores da UEM

bernardo-marianoO Reitor da UEM, Prof. Doutor Doutor Manuel Guilherme Júnior, convidou o Engenheiro moçambicano Bernardo Mariano Júnior, Chefe de Tecnologia de Informação e Comunicação da Organização das Nações Unidas (ONU), a integrar o corpo de Alumni desta instituição de ensino superior.
O convite àquele quadro foi formulado durante um encontro, via Zoom, que visava sensibilizá-lo a integrar o clube de Embaixadores da UEM e nessa condição acompanhar de perto a vida da instituição.
O Reitor explicou que a UEM criou o movimento no sentido de se associar a individualidades que passaram pela instituição não só por terem se formado na UEM, mas, sobretudo, pela dimensão que elas ocupam a nível nacional e internacional, tendo realçado o facto de a Universidade ter graduado cerca de 35 mil estudantes, desde a sua fundação, que neste momento exercem várias funções dentro e fora do país.
Segundo o Reitor, um dos desafios da instituição prende-se com a digitalização dos processos, pelo que, o Eng. Mariano Júnior pode ser importante apoiando a UEM nesse processo.
Em reacção, Bernardo Mariano Júnior, aceita integrar o Clube de Embaixadores da UEM, entretanto, vai socializar o pedido junto da Comissão de Ética das Nações Unidas para emissão do parecer. “É um processo mandatório para os funcionários da ONU, temos que consultar a Comissão de Ética, mas pessoalmente é uma honra integrar o clube”, disse.
O assistente do Secretário Geral das Nações Unidas para Tecnologia de Informação e Comunicação manifestou igualmente o desejo de contribuir na identificação de bolsas de estudos para estudantes moçambicanos que não têm capacidade de custear seus estudos, como forma de retribuir aquilo que o País e a UEM lhe deram tanto no campo profissional como pessoal.
Bernardo Mariano Júnior é formado pela Universidade Eduardo Mondlane e, desde 1993, é funcionário das Nações Unidas onde, entre os quais, já ocupou o cargo de Director de Saúde Digital e Inovação da Organização Mundial da Saúde.