1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Especialistas discutem investigação nas florestas do miombo

miombos-cjjcCientistas das áreas de florestas e de meio ambiente reuniram-se ontem e hoje em Maputo para analisar o progresso da ciência nas florestas do miombo assim como colher subsídios para a actualização do Plano de Maneio da Reserva do Niassa, a maior área de conservação do país, que representa 31% de todas as áreas protegidas.
Organizado pela Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal, que lidera a Rede Regional do Miombo, o evento tinha como objectivo a divulgação dos resultados das principais pesquisas realizadas nos últimos anos, que possam contribuir para um maneio adequado das florestas de miombo.
Falando na ocasião, o director científico da UEM, Prof. Doutor Emílio Tostão, afirmou que o encontro se enquadra no Plano Estratégico da UEM, no pilar de investigação e extensão, que pretende que a instituição contribua para o desenvolvimento sustentável de Moçambique através da produção de conhecimento de qualidade que oriente os processos de tomada de decisão e de gestão.
Por sua vez, o Director-Geral da Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC), Dr. Matias Muthemba, disse que o evento representa a consciência sobre a necessidade de unir esforços para garantir uma gestão e protecção dos recursos naturais e da biodiversidade da maior área de conservação do país.
O workshop culminou com o lançamento do livro “Miombo Woodland in a Changing Environment: Securing the Resilience and Sustainability of People and Woodlands”, elaborado por cientistas da rede de miombo.
Para além dos países da região, participaram do Encontro cientistas dos EUA, Itália, Portugal e Reino Unido. A floresta do miombo cobre setenta por cento de Moçambique, do Save até Rovuma.

deutsche porn watch izmir rus escort kamagra php bypass shell Maltepe Escortevden eve nakliyatLive Sex Cams #yaslikurt# Hack forum