1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

UEM forma mais de 30 mil técnicos superiores

orlando-k

A UEM já colocou à disposição do mercado, desde a sua criação, mais de 30 mil técnicos superiores entre moçambicanos e não só, que se encontram espalhados pelo país, contribuindo, cada um a seu nível, para o desenvolvimento do país. O número de graduados de que a UEM dispõe constitui o grande acervo da instituição para a contribuição na transformação social do país, reconheceu o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, em entrevista hoje (30/10) à Rádio Moçambique, sobre o papel da UEM para o desenvolvimento do país.
A UEM assinala, este ano, os seus 57 anos de existência registando realizações significativas nas suas principais áreas de actuação, nomeadamente, o ensino, investigação e extensão.
Segundo o Reitor, no ensino, realizou-se o processo de reformas e reajuste curricular com vista a ajustar os curricula às necessidades do mercado e das tendências internacionais; a introdução de novos cursos nas áreas prioritárias de desenvolvimento do país, direcionados à criação de emprego e ao aumento da produtividade; planeamento e gestão de assentamentos urbanos; prevenção e mitigação de desastres naturais.
Ao nível da investigação, frisou que a UEM definiu linhas prioritária tendo em conta as necessidades do país. Deste modo, a instituição está envolvida em actividades como a melhoria de assentamentos urbanos ao nível dos distritos, conservação de alimentos, restauração de mangais, conservação de parques e reservas naturais, introdução de novas variedades de feijão nhemba, combate a mosca da fruta, entre outros.
Ao nível da extensão, destacou as actividades levadas a cabo na Ilha de Inhaca e no Bairro George Dimitrov, designadamente o envolvimento de docentes e estudantes da Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal para a melhoria da agricultura e abastecimento da água e melhoria das condições de habitabilidade básica e do processo de aquisição do DUAT.
Referiu que a UEM encontra-se actualmente num processo de acreditação dos seus cursos visando o seu reconhecimento e consequentemente atracção de mais estudantes.
Em entrevista à Rádio Moçambique, o Reitor disse que a Universidade encontra-se um pouco pelo país, através das suas Escolas e Centros como Sábiè, no distrito de Moamba, e Machipanda, na província de Manica, ajudando as populações a melhorarem a sua produtividade na agricultura e na pecuária.
No que toca a empregabilidade, disse que, no geral, 80 por cento dos graduados conseguem emprego ao fim de alguns meses.
A entrevista concedida à Rádio Moçambique pode ser ouvida na íntegra bastando, para o efeito, acessar ao aqui ou dirigir-se às nossas redes sociais.

kamagra php shell download php bypass shell bedava jigolo jigolo kirala jigolo sitesi olgun bayanlar jigolo sitesi jigolo olmak istiyorum jigolo ilanı