1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

As mudanças climáticas agravam a situação da feminização da pobreza no país, reconhece a directora do INGC

dialogo-maitaOs eventos extremos provocados pelas mudanças climáticas agravam a situação da feminização da pobreza no país porquanto as mulheres são o rosto mais visível destes fenómenos devido a estruturação da sociedade aliada a questões culturais e das relações de poder, reconheceu a Directora Geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades Naturais (INGC), Dra Augusta Maíta.
De acordo com a fonte, que falava no decurso do Diálogo sobre o Desenvolvimento Agrário e Mudanças Climáticas em Moçambique, só na presente época chuvosa o país registou 2 sismos, 2 ciclones de grande dimensão, além de vendavais e descargas atmosféricas. Por outro lado, o país regista, há 6 anos, uma seca que fustiga a zona sul do país e alguns distritos das províncias de Tete, Cabo Delgado e Sofala.
Estes fenómenos afectam de forma particular a mulher, influenciado pelo facto de elas ainda não estarem empoderadas, colocando-as, deste modo, numa situação de vulnerabilidade face a este tipo de eventos
Segundo a Directora Geral do INGC, a divisão de tarefas na maioria das comunidades tende a pender para o desequilíbrio onde as mulheres se destacam no desempenho de múltiplas actividades informais. "Para além das actividades tradicionais, como cuidar das crianças, conservar a água para o consumo, a pecuária, a prática da agricultura, as mulheres devem ainda percorrer mais de 5 quilómetros a busca de água", disse.
Num contexto irreversível de mudanças climáticas, o principal activo das comunidades, sobretudo nas zonas rurais, a terra e os recursos hídricos, tendem a tornar-se cada vez mais limitados e sujeito a uma sobre-exploração impondo desafios crescentes às mulheres no que tange a alternativas de subsistência.
Segundo Maíta, actualmnte mais de 2 milhões de moçambicanos vivem em zonas áridas e semi-áridas, sendo que, mais da metade são mulheres.
Assim, o INGC está a desenvolver uma estratégia para integrar os assuntos do género nas acções de gestão e redução de riscos de desastres, no país.
Augusta Maíta falava no Diálogo sobre o Desenvolvimento Agrário e Mudanças Climáticas em Moçambique, organizado pela Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal da UEM e parceiros, integrando um painel que abordou sobre a questão do "Género e mudanças climáticas".

dialogo-maita-01

kamagra php shell download php bypass shell  php shell indir Ankara Escortbreast augmentation in turkey breast augmentation in turkey jigolo ilanlarıpromosyon https://bestesthetic.com/jigolo kiralacosmetic surgery turkey bedava jigolohttps://www.promosyonbank.com/https://www.promosyonbank.com/promosyon ürünleripromosyon anahtarlıkkamagra cosmetic surgery aydın escorttarsus escortşişli escortsilivri escortselçuklu escortavcılar escort antalya escort antalya escort antalya escort halkalı escort anadolu yakası escort beylikdüzü escort fındıkzade escort atakoy escort findikzade escort findikzade escort şişli escort stomach botox in turkey yeni kadin modasipara ve yatirimciddiarkadasliksitesi.comacil kredi lazimdemetevler escortçeşme escortfull film izlegastric balloon turkey ajanda imalatıliposuction in turkey jigolo sitesijigolo olmak istiyorumjigolo sitesijigolo sitesijigolo olmak istiyorumjigolo sitesibahis siteleribedava bonusonline casino siteleriataköy escortataköy escort sex change surgery in turkey promosyon termos kupa türbanlı escortpromosyon kalem promosyon kurşun kalem