1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

FAEF desenvolve novas variedades de Feijão Nhemba tolerantes a seca

feijao-1
Docentes da Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal da UEM (FAEF) estão a desenvolver novas variedades de Feijão Nhemba de alta produtividade e tolerantes a seca para as regiões do país com escassez de chuva.
feijao-chiuleleO objectivo é garantir o aumento da produtividade desta cultura mesmo em situações adversas, como é o caso da falta da chuva.
Actualmente 10 variedades encontram-se na fase conclusiva do seu desenvolvimento aguardando apenas o estágio final de apuramento de dados que irão determinar a libertação de cada uma das variedades.
As variedades em causa podem produzir até 3 toneladas por hectar de feijão nhemba contra os actuais 500 quilos no mesmo espaço produzido pelo sector familiar.
Segundo explicou o Prof. Doutor Rogério Chiulele, que está a coordenar o programa de investigação, com base nos resultados que estão a ser colhidos no campo de ensaios será produzido um relatório e submetido ao Departamento de Sementes do Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar (MASA) que, por sua vez, irá analisa-los. Na sequência, seguir-se-á a um processo de defesa das sementes propostas para libertação.
feijao-3O Departamento de Sementes do MASA é única instituição no País com a autoridade para a proceder a libertação das sementes, podendo depois estas serem distribuídas e comercializadas.
Os trabalhos de investigação decorrem num campo de ensaios com 3 hectares no posto administrativo de Inhacoongo, distrito de Inharrime, província de Inhambane.
Segundo a fonte, as variedades de feijão nhemba que estão a ser desenvolvidas têm aplicabilidade em todo o país mas com maior enfoque para zona sul onde a precipitação tem sido irregular e de curta duração. "Por exemplo, este ano, em toda zona sul não se colheu nada com a sementeira da primeira época, mas com estas variedades é possível produzir", frisou.
Entretanto, há alguns quilómetros de Inhacoongo encontra-se um campo de demonstração onde os técnicos da FAEF assistem algumas associações de camponeses como a Associação Zamane e Tsovela, no povoado de Chinhembwe, localidade de Nhanombe, distrito de Inharrime, na produção de feijão nhemba através de técnicas e variedades mais resilientes.
O Presidente da Associação Zamane, Paulino Pascoal, disse ter estado a assistir melhorias no incremento da produção porquanto apreendem a cultivar novas variedades no campo de demonstração que depois são aplicados com sucesso nas machambas familiares.

feijao-2

 

 

Türkçe porno martin luther king jr kimdir