1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

UEM e o MIC assinam memorando para potenciar os sectores da indústria e comércio

regendraiA UEM e o Ministério da Indústria e Comércio pretendem reforçar a concepção de soluções inovadoras, sustentáveis e eficazes para potenciar ainda mais os sectores da indústria e comércio, no país.
As duas instituições assinaram na tarde de hoje (27/02), em Maputo, um memorando de entendimento visando o alargamento da capacidade institucional de ambas instituições, fortalecendo a capacidade de resposta aos complexos desafios sociais e económicos que o país atravessa.
O memorando foi assinado pelos dirigentes das duas instituições, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo e o Ministro da Indústria e Comercio, Prof. Doutor Ragendra de Sousa.
À luz do acordo, o MIC poderá beneficiar do conhecimento científico produzido pelas faculdades, escolas e centros da UEM em matérias relativas às políticas e estratégias industriais e comerciais.
Enquanto isso, a UEM acede a experiência acumulada do Ministério da Indústria e Comércio para reforçar os seus curricula e aproximar-se ainda mais ao sector produtivo.
Após o acto de assinatura, o Ministro da Indústria e Comercio, Prof. Doutor Regendra de Sousa, sublinhou que a industrialização no país depende grandemente do investimento directo estrangeiro. Pelo que a colaboração celebrada com a UEM também vai permitir a identificação de quadros nacionais, formados pela universidade, e inseri-los a diversos níveis na industrialização e no comércio.
"O objectivo é endogenizar o investimento estrangeiro para que tanto na indústria como no comércio tenha maior participação dos moçambicanos na sua direcção, gestão ou como operário especializado ", disse.
Entretanto, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, reconheceu que os sectores da indústria e comércio constituem pilares do desenvolvimento do país razão pela qual, a UEM continua a disponibilizar cursos que visam a promoção de condições para o fortalecimento do sector.
Disse ser sua expectativa que o acordo tenha eco e réplica em toda extensão do país e não apenas nas instituições signatárias.
A colaboração entre a UEM e o MIC é antiga e envolve a partilha de espaços, mobilidade de quadros e a troca de conhecimentos de parte a parte.

antalya rafting evden eve nakliyat php shell download php bypass shell Türkçe porno martin luther king jr kimdir