1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Instituto Confucius celebra quinto aniversário de estabelecimento na UEM

v-confucio-1

O Instituto Confucius assinalou hoje (20/11) o quinto aniversário do seu estabelecimento na UEM. Criado em Outubro de 2012, como resultado de um acordo de cooperação assinado entre a UEM e a Universidade Normal de Zhejiang da China, esta instituição tem como objectivo promover a cultura e a língua chinesa através da realização de cursos de curta duração, a promoção do conhecimento e entendimento mútuo entre os povos da China e de Moçambique.
No evento que marcou a celebração do quinto aniversário, a Vice-ministra da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Dra. Leda Hugo, referiu que o Instituto Confucius da UEM tem-se mostrado líder no ensino da língua e cultura chinesa no país. Fez notar que, desde 2012, já foram estabelecidos vários centros de ensino da língua e da cultura chinesa em instituições como o ISRI, o Instituto de Línguas, a Escola Internacional, a Associação Chinesa, o Colégio Kitabo, na UNIZAMBEZE, UNILÚRIO entre outras um pouco pelo País.
A governante disse ter notado com agrado que apesar da criação de vários centros, apenas o Instituto Confúcio da UEM é que regista um número cada vez maior de estudantes, cerca de três mil. Frisou que o crescimento do número dos que frequentam os cursos de curta duração demonstra o interesse da comunidade estudantil, em particular, e da comunidade moçambicana, em geral, em conhecer a língua e a cultura chinesas.
Na sequência, o Embaixador da República Popular da China, Su Jian, destacou como desafios a contínua expansão e a melhoria da qualidade do ensino da língua e cultura chinesas estabelecendo passo a passo um sistema que abrange formações básicas nas escolas primárias e secundárias bem como cursos universitários da língua e cultura chinesas.
Entretanto, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, reconheceu que o estabelecimento do Instituto Confúcio na UEM forneceu uma plataforma para que os moçambicanos aprendessem a língua e a cultura chinesas e fortalecer o intercâmbio educacional e cultural na cooperação entre China e Moçambique.
"O sucesso desta cooperação levou ao estabelecimento do curso de Licenciatura na FLCS-UEM, que disponibiliza 16 bolsas de estudo, 9 para estudantes que frequentam a Licenciatura e 7 para participantes de cursos de curta duração", frisou.
O Instituto Confucius que actualmente conta 11 centros espalhados pelo país e cerca de 4 mil estudantes, dedica-se no ensino da língua e cultura chinesas, no fornecimento de informações e aconselhamento sobre educação, cultura e outros aspectos da República Popular da China, realiza actividades de intercâmbio linguístico e cultural entre Moçambique e China.
O Comemoração dos 5 anos do Instituto Confucius na UEM compreendeu a exibição de números da cultura chinesa e moçambicana, o corte de bolo, entre outras actividades. 

v-confucio-01 v-confucio-02

 Parke taşıbahçe duvarıpornoKartal EscortПроститутки Бишкекаeskort izmirsexkamagra jelporno seyretbrazzers pornamanavgat escortside escortpornoinstagram takipçi satın almakameralı sohbetescort beylikdüzüataköy escortoyun indirşişli yüz germe uygulamasıteknoloji haberleri aslantekinstagram takipçi hilesiporno izlekibris sex - kibris sexpromosyon ürünleripromosyon ajandaalanya escortmaltepe escortKundu Escort Kundu Escort Antalya Eskort Erdemli Escort Escort İzmir Etlik EscortBelek Escort Lara Escort Kundu Escort Bayan Mezitli Escort Konak Escort Bayan Eryaman Escort Bayanpornopromosyon kalempromosyon ajandabetsix giriş bestforexlicensed.compromosyon powerbankşirinevler escort istanbul escort avcılar escort atasehir escort pendik escort avcılar escort halkalı escort bakırkoy escort istanbul escort etiler escort istanbul escort umraniye escort instagram beğeni hilesiCanli bahisbuca escortpaykasa