1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Universidades devem ser motor de desenvolvimento sustentável, afirma a Vice-ministra sueca de cooperação

vice-min-suecaAs universidades e a pesquisa devem estar na linha de frente de modo a garantir que as sociedades desenvolvam de forma sustentável a nível económico, social e ambiental, providenciando igualdade de oportunidades para as mulheres, homens, meninas e rapazes, impulsionando desse modo um desenvolvimento positivo, defende a Vice-Ministra de Cooperação para o Desenvolvimento Internacional da Suécia, Ulrika Modéer.
A governante, que dissertava esta quarta-feira (08 de Novembro), no campus principal da Universidade Eduardo Mondlane, numa palestra intitulada "Democracia, igualdade de género e transparência – O papel e a responsabilidade das instituições de ensino superior", esclareceu que para uma democracia vibrante a participação deve ser activa no sentido de se possibilitar um mecanismo de debate sobre como desenvolver um projecto, a cidade, a comunidade ou país.
Na palestra que aconteceu durante a sua visita a Moçambique, no âmbito das relações de cooperação entre a Suécia e a UEM, Ulrika Modéer explicou que a democracia inclui muitos princípios interligados que são igualmente importantes tais como, a prestação de contas; a transparência; a previsibilidade, e a participação na vida do país.
“Se conseguirmos exigir a prestação de contas aos decisores, o risco de más decisões torna-se menor”, disse a diplomata, acrescentando que a transparência é garantir que o público saiba quem faz o quê e, sobre que circunstâncias as decisões foram tomadas, sendo que essas informações sobre decisões devem ser de fácil acesso para o público em geral.
Modéer entende que as universidades devem ser lugares de promoção do debate e pensamento crítico, e garantir o acesso à informação para o bem das populações, divulgando os resultados das pesquisas ao público, governo e legisladores, quer sejam resultados que levem a produtos inovadores ou a mudanças nas políticas no país.
Lamentou a restrição da liberdade académica em vários países do mundo, onde em alguns casos o curso de literatura foi censurado, a pesquisa em áreas sensíveis foi proibida e estudantes activistas intimidados.
A redução de espaços de exercício de direitos cívicos e políticos, que se manifesta pela tendência crescente dos casos de violação dos direitos humanos praticados contra jornalistas, académicos, advogados, entre outros, fazem parte da lista das preocupações da palestrante.
Ulrika Modéer explicou que a igualdade do género, para além de ser uma questão fundamental dos direitos humanos, democracia e justiça social, é uma pré-condição para o crescimento económico sustentável, bem-estar, paz e segurança.
Numa outra abordagem a governante avançou que está prevista a assinatura de um acordo entre o seu país e a UEM, centrado no apoio aos estudantes de nível de mestrado e doutoramento, assegurando que uma pesquisa de alto padrão possa ser realizada e que esta instituição do ensino superior possa concretizar a sua visão de ser uma Universidade de Investigação, que promove o pensamento crítico e busca soluções para os desafios locais e globais.
Por sua vez, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, reafirmou o compromisso da instituição que dirige de ser cada vez mais o local da troca de ideias, e manifestou a vontade de a UEM continuar a beneficiar do apoio do governo da Suécia para maior diversificação das áreas de ensino e investigação.
“Continuaremos a ser o local onde os estudantes se preparam para contribuírem para o desenvolvimento sustentável de Moçambique e onde se prepara o homem do amanhã capacitado para enfrentar as mudanças, nacionais, regionais e globais”, asseverou o Magnifico Reitor.
A Suécia foi um dos primeiros países a formalizar as relações diplomáticas com o Moçambique independente, uma colaboração que remonta os meados dos anos 60 com o apoio deste país europeu à FRELIMO durante a luta pela independência nacional.
Para além da Vice-reitora académica da UEM, Profa. Doutor Amália Uamusse; de directores de algumas unidades orgânicas desta instituição do ensino superior, a palestra foi assistida pelos pesquisadores, docentes, estudantes, pessoal técnico administrativo, entre outros.

Hacklink Shell indir tuzla escortpendik escortkurtkoy escortinstagram takipci satin alporn moviesporn videosporn videoskartal escorttwitter takipci alSteroid Fiyatlar?instagram takipi hilesiinstagram takipi hilesisirinevler escortistanbul escortbeylikduzu escortistanbul escortataky escortumraniye escortiptv serverinstagram takipci satin almaltepe evden eve nakliyatizmir escortizmit escortbedava pornosex izletrk siki?konulu pornotuzla escortporno filmmilf olgun pornrokettubeseks izleescort beylikduzuesenyurt escortistanbul escortbahis siteleripendik escortporno?zmir Escortside escortalanya escortkamagra jelraf sistemleripaslanmaz raftrk pornoyerli porno Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum Hack Forum