1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

ESHT gradua 89 estudantes

gra-eshti7-1

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHTI) da Universidade Eduardo Mondlane, localizada na cidade de Inhambene, graduou na manhã de hoje (29/07) 89 estudantes nos ramos de Animação Turística, Gestão, Gestão de Mercados Turísticos, Gestão Hoteleira e Informação Turística.
Destes, 58 por cento são do sexo feminino e 42 do sexo masculino. Do total dos graduados, 26 são da província de Inhambane e os restantes dos outros pontos do país.
Entre os graduados destacam-se dois estrangeiros, um tanzaniano e outro são-tomense.
Na ocasião, o Secretário Permanente da Província de Inhambane, Ricardo Nhacuongue, afirmou estar convicto de que os graduados poderão seguir o exemplo dos graduados que concluíram a sua formação nos anos anteriores, aplicando o seu conhecimento, competência, talento e sabedoria no trabalho contribuindo para o desenvolvimento da humanidade.
gra-eshti7-3Nhacuongue enalteceu o trabalho que a ESHTI tem vindo a desenvolver para catapultar o crescimento da actividade turística naquela província, através da promoção de cursos de curta duração, com vista a aumentar competências da mão-de-obra de estabelecimentos hoteleiros locais na perspectiva de prestar qualidade e serviços que possam levar a província à patamares de destino turístico por excelência.
Entre as ferramentas para o mercado o trabalho, Nhacuongue lembrou aos graduados que incluam a humildade, a seriedade e a persistência, esta última, considerada por si como sendo a mãe para todas as vitórias.
Afirmou que o turismo é uma área de eleição na economia da província visando explorar de forma racional as potencialidades naturais disponíveis e, nesse sentido, pediu a todos os parceiros do governo e homens de bem e de boa vontade a conceder oportunidades aos recém-graduados para provarem suas competências ajudando-os a terem condições de se auto empregarem e financiando as suas iniciativas.
"Não exijam deles anos de experiência como condição para receberem financiamentos ou prover um posto de emprego, pois, o mestre faz-se no trabalho", disse.
Na sua intervenção, o Magnífico Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, disse que a melhoria da qualidade de ensino e excelência passam necessariamente pela oferta de melhores curricula e pela existência de recursos humanos qualificados, em condições   de implementar, com competência, zelo e responsabilidade, as determinações do currículo de cada um dos cursos.
Foi por reconhecer a importância de que se revestem esses condicionalismos da qualidade de ensino, que no ano em curso, a UEM submeteu o curso de Gestão Hoteleira à avaliação externa, visando a sua acreditação, processo que, segundo o Reitor, permitirá ter retorno dos parceiros, graduados e empregadores a respeito da qualidade do curso.
gra-eshti7-2Quilambo afirmou que a UEM tudo fez para que os graduados saíssem formados com conteúdos necessários para o desenvolvimento da actividade profissional com ética, humildade, pró-actividade e civismo, imprescindíveis para a integração no trabalho e na sociedade.
"Ao saírem daqui façam ecoar o nome da UEM mostrando como se planeiam, organizam, executam e dinamizam actividades de animação turística e como, através delas, pode ocorrer a atracção e fidelização de turistas, concebendo e executando programas de informação e promoção turística, garantindo a visibilidade nacional e internacional de destinos turísticos, serviços, equipamentos e atractivos turísticos, mostrando como é feita a concepção, a implementação e a gestão de empreendimentos hoteleiros", disse.   
Na sua mensagem, os graduados afirmaram que a experiência vivida ao longo dos anos de formação enche-os de entusiasmo e confiança para seguirem firmes, convictos de que irão contribuir da melhor forma para o desenvolvimento do país.
Com os graduados de hoje, a ESTHI passa a contar com um total de 824 técnicos superiores formados desde o início das suas actividades, em 2003.

Pendik Escort