1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Actividades culturais e visitas guiadas marcam a celebração do Dia internacional dos Museus

museu-historiaNo âmbito do Dia Internacional dos Museus, que se assinala hoje, 18 de Maio, diversas actividades foram programadas para assinalar a efeméride. Alguns museus da capital do país organizaram espectáculos musicais, exibiram peças teatrais e outras formas de diversão para não deixar o dia passar em branco.
Por exemplo, a Fortaleza de Maputo recebeu pouco mais de 200 visitantes, sendo maioritariamente estudantes provenientes das escolas primárias e secundárias da cidade de Maputo. Estes foram envolvidos em actividades educativas ligadas aos "Jogos das Descobertas" de algumas colecções e interpretação de histórias por detrás das peças.
Houve também encenações artísticas e conversas sobre "Histórias de Controversas", em torno de Kigelia Pinnata, uma das árvores mais antigas da cidade de Maputo que se encontra defronte da Fortaleza, com a apresentação do grupo de teatro da Direcção de Cultura da UEM.
Para fechar o Dia Internacional dos Museus, a Fortaleza de Maputo recebeu um espectáculo de música clássica na doce voz de Stela Mendonça, enquadrado no projecto “Fortaleza a Noite”, envolvendo artistas do Conservatório de Música e Arte Dramática – MUSIARTE.
Para celebrar o mês dos Museus, a Fortaleza incluiu igualmente no seu programa, a realização de um seminário sobre o uso da fortaleza para a educação que juntou professores, estudantes universitários, investigadores, jornalistas e coordenadores de conteúdos de história com obejectivo de refelectir sobre o uso da Fortaleza de Maputo no processo de ensino e aprendizagem na disciplina de história.
Por sua vez, o Museu de História Natural laçou a semana comemorativa com um leque de actividades, com entradas gratuitas, que incluem visitas guiadas, realização de palestras sobre colecções etnográficas em museus e debates.
Ontem (17 de Maio), o Museu de História Natural promoveu actividades com o tema "Dizer o indizível na Entomologia e Taxidermia", que visava revelar o segredo por detrás das colecções, aquilo que geralmente não é revelado nas visitas guiadas, bem como mostrar técnicas usadas na preparação de espécimes entomológicas e de mamíferos. Perto de 150 visitantes participaram destas actividades.
No Dia Internacional dos Museus, o Museu de História Natural abriu as suas portas para dar a conhecer a artista Karen Packebush através da sua galeria de conchas com o tema “uma imagem vale mais que mil palavras".
A semana comemorativa do Dia Internacional dos Museus, para o Museu de História Natural, encerra esta sexta-feira com a realização de visitas guiadas e apresentação de uma peça teatral.
Enquanto isso, o Museu da Moeda recebeu visitas guiadas, jogos de palavras e de caça ao tesouro e um mini concerto exibido por um grupo de música da Escola de Comunicação e Artes da UEM.
Segundo explicou o Curador do Museu Nacional da Moeda, Jorge Anselmo, quem passar pelo Museu Nacional da Moeda por estes dias poderá visitar uma exposição 4300 colecções entre moedas, notas e medalhas.
Este ano, o Dia internacional dos Museus decorre sob lema "Museus e Histórias Controversas: dizendo o indizível em Museus". Este lema foi definido pelo Conselho Internacional dos Museus que pretende, deste modo, encorajar a sociedade a reflectir sobre o papel dos museus na comunidade e na sociedade, em geral.
Em Moçambique, a celebração do Dia Internacional dos Museus abriu oficialmente na manhã de hoje (18 de Maio) com a inauguração da Feira dos Museus organizada pelo Ministério da Cultura e Turismo patente nos Caminhos de Ferro de Moçambique.

museu-moeda

bedava porno rokettube porno 92

bedava porno bedava porno sex izle hd porno türk sikiş

bedava porno rokettube porno 92

hızlı ve öfkeli 8