1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

A perda da biodiversidade é uma ameaça ao desenvolvimento económico e social sustentável, considera o Prof. Almeida Sitoe

Abertura-2017

O Professor Catedrático em Ecologia e Silvicultura de Florestas Naturais, Almeida Sitoe, entende que o cenário actual caracterizado pela pobreza e falta de oportunidades de geração de renda nas zonas rurais leva a que muitas pessoas recorram à exploração ilegal não sustentável da biodiversidade, resultando na perda do capital natural que fornece bens e serviços ecossistémicos, sendo assim, um factor de risco significativo no desenvolvimento de negócios e no turismo em especial, ameaçando desse modo a sustentabilidade económica à longo prazo.
Sitoe, que falava na Oração de Sapiência na Sexta-feira última, 24 de Fevereiro, por ocasião da abertura solene do Ano Académico 2017 na UEM, cujo tema foi "Conservando e valorizando a biodiversidade para promover um turismo sustentável", disse que a biodiversidade e o turismo têm um potencial muito elevado mas ainda pouco reconhecido em Moçambique.
Para o académico, conciliar os objectivos de conservação da biodiversidade e de subsistência passa necessariamente por um relacionamento harmonioso entre os agentes de conservação e as comunidades locais. "Conseguir esse relacionamento traz consigo vantagens para as próprias comunidades residentes pois encontram ai oportunidades de emprego e alternativas de utilizar a biodiversidade de forma sustentável", disse.
O orador fez saber que a fauna bravia rende mais viva que morta, recorrendo para tal aos estudos levados à cabo no Quénia que estimam que um elefante pode gerar cerca de um milhão de dólares durante a sua vida inteira em receitas do turismo, mas o marfim resultante do abate desse mesmo elefante, quando vendido não passa mais dos 15 mil dólares, daí que o desafio é encontrar uma forma alternativa de valorizar a biodiversidade que não seja a extractiva.
abertura-nyamb-17Para o ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Prof. Doutor Engo Jorge Nhambiu, a escolha do tema para a Oração de Sapiência, demonstra de forma inequívoca, o comprometimento da UEM com a causa de conservação da biodiversidade, bem como para a promoção do turismo nacional, facto consubstanciado pela existência, nesta instituição, de cursos nas áreas de Turismo e Ambiente.
O governante defendeu a necessidade de uma inter-acção profícua entre a universidade e a sociedade como factor fundamental para que o conhecimento produzido nesses cursos seja integrado nas comunidades, e para que os estudantes formados contribuam com conhecimento científico na tomada de decisões e políticas públicas através da incorporação cientifica, tecnológica e de inovação.
Num outro momento da sua alocução, Nhambiu encorajou a UEM para que com os seus especialistas encontre formas de melhor gestão dos recursos hídricos de modo a minimizar o impacto da seca que assola a região sul do país e, de modo particular a província e cidade de Maputo, que obrigou as autoridades a adoptarem medidas de restrições no fornecimento da água.
Por seu turno, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, frisou que a instituição que dirige dedica uma especial atenção à biodiversidade e ao turismo, facto notável pela existência da Escola Superior de Hotelaria e Turismo e cursos em várias Faculdades na área do Turismo, Ambiente e Conservação da Biodiversidade.
Quilambo alistou que, sendo a maior parte da população moçambicana residente nas regiões costeiras e o país possuir extensas áreas de conservação, cujo potencial deve ser explorado com vista a melhorar as condições de vida das comunidades, a escolha do Turismo como área catalisadora do desenvolvimento encontra na UEM um factor dinamizador.
Dentre outros projectos programáticos para o segundo ciclo da governação que este ano inicia, o Reitor renovou o compromisso que a UEM tem de continuar a produzir graduados competentes e comprometidos com o desenvolvimento económico, social e cultural do país, sendo que "as áreas prioritárias definidas pelo governo, nomeadamente a agricultura, a energia e infra-estruturas e turismo serão a matriz de orientação da nossa actividade de investigação e extensão".
Discursando na ocasião, o Presidente da Associação dos Estudantes Universitários, Salvador Muchidão, rogou a direcção da UEM para que ofereça uma atenção especial aos estudantes mais necessitados na prossecução dos objectivos da sua formação.
A cerimónia foi bastante concorrida e contou com a presença do ex-presidente da República, Armando Guebuza, corpo diplomático, dirigentes de outras instituições do ensino superior, membros do governo, docentes, estudantes, corpo técnico administrativo entre outros.

 Shell indir Hacklink https://backlinksale.wordpress.com/ https://hacklinkborsa.blogspot.com.tr/ https://shelldown.wordpress.com/ https://mectry.wordpress.com/ passion dubai escortistanbul escortkameral? chatkameral? sohbetestrogenolittuzla escortpendik escortkurtkoy escortKurtky escortinstagram takipci satin al  Hacklink Shell indir Shell download Php Shell download Bypass shell Litespeed bypass shell https://backlinksale.wordpress.com/ https://hacklinkborsa.blogspot.com.tr/ https://shelldown.wordpress.com/ https://mectry.wordpress.com/ maltepe escort pendik escort dul bayanlar jigolo sitesi kurtkoy escort tuzla escort kartal escort Kamagra Jel kaçak bahis jigolo olmak istiyorum olgun dul bayanlar istanbul jigolo sitesi seks hikayeleri jigolo ilan rokettube hd porno brazzers porno sex izle sex izle porno instagram takipçi rokettube hd film full film izle bedava porno rokettube
Hızlı ve Öfkeli 8 Karayip Korsanları 5 Arabalar 3 Şirinler 3 Yenilmez 4