1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Moçambique pretende padronizar a ortografia das suas línguas

padronizar00Para o efeito, O Ministério da Cultura e Turismo, o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano e a Universidade Eduardo Mondlane, em parceria com Ministério da Cultura e Turismo, o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano, Jornal Notícias, RM, TVM, UNESCO, estão reunido de hoje (23), até sexta-feira (25/05/18), em Maputo, em IV Seminário sobre Padronização da Ortografia de Línguas Moçambicanas.
O evento, que junta académicos, pesquisadores, profissionais da comunicação social, estudantes e outras sensibilidades, visa reflectir, partilhar e sistematizar as experiências acumuladas desde o primeiro seminário acontecido em 1988.
O momento servirá igualmente para produzir a documentação de apoio à tomada de decisão sobre a legalização da ortografia padronizada de línguas moçambicanas, bem como, propor um sistema de escrita de línguas moçambicanas a ser aprovado pelas instâncias superiores do governo e estado, como um conjunto de normas a observar na representação gráfica destas línguas.
padronizar02Discursando no acto de abertura do evento, a ministra da Educação e Desenvolvimento Humano, Conceita Sortane, referiu que a adopção das línguas nacionais no ensino e do seu uso pelos serviços públicos e privados, bem como pelos diferentes meios de comunicação, exige dos investigadores um estudo permanente, por um lado, para o levantamento e aprimoramento do seu vocabulário, descrição/explicação da sua gramática e, por outro, para a padronização da sua ortografia, garante da sua cientificidade e consequente evolução.
Sortane entende que o evento deve ser um epicentro de aprimoramento e harmonização do código da escrita, tendo em conta as diferentes especificidades que os sistemas de sons das nossas línguas apresentam, para a consolidação da escrita nas nossas línguas.
Num outro desenvolvimento, a governante recordou que o sucesso do ensino bilingue, ora em franca expansão em vários pontos do país, depende, em grande medida, do estabelecimento e padronização de normas de escrita, das línguas moçambicanas.
Por seu turno, o presidente da Comissão Organizadora do evento, Professor Catedrático Armindo Ngunga, explicou que para além da sua legalização da ortografia, o desafio atual consiste na sua utilização na educação, portanto, a educação bilingue.
“A aposta na educação bilingue é uma aposta muito séria. É um projecto nacional. É projecto de moçambicanidade. O professor de uma língua precisa de uma norma para poder ensinar e esta é uma oportunidade para discutirmos essas regras”, disse.
Para o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, os resultados alcançados desde a realização do Primeiro Seminário, em 1988, até hoje, devem orgulhar a todos, pois, ao longo dos tempos, investigadores e estudiosos moçambicanos deram tudo para que o que era tabu, mesmo depois da independência nacional, estivesse não só no centro do debate, como também se posicionasse como a força motora e um dos vectores da “nossa acção rumo ao desenvolvimento e à independência cultural, intelectual e por que não, económica”.
Quilambo comprometeu-se em apoiar todas as iniciativas científicas visando aprofundar e consolidar o mapeamento e a padronização de todas as línguas moçambicanas, sendo que “o seminário para padronização da ortografia de todas as Línguas Bantu em Moçambique, mostra quão importante esta matéria é para nós, académicos, mas também para o governo ”, disse, para depois prometer continuar tudo fazer, com apoio dos parceiros, para tornar o sonho da oficialização das línguas moçambicanas uma realidade.
O representante da UNESCO em Moçambique, Djaffar Moussa Elkadum, referiu que a padronização da ortografia das línguas moçambicanas representa um passo importante para a sua valorização, promoção, desenvolvimento e sua utilização crescente em espaços públicos e no ensino.
Refira-se que a UEM, no quadro do estudo das línguas moçambicanas, criou em 1978 o Núcleo de Estudo das Línguas Moçambicanas (NELIMO), cujo objectivo fundamental era o de desenvolver e promover uma investigação aplicada às línguas moçambicanas, para subsidiar os diferentes sectores do Governo, bem como promover o seu uso crescente nas diferentes esferas da vida social, económica e política.

pradonizar01

 php shell indir sakarya escort sakarya escort sakarya escort sakarya escort izmir escort sakarya escort webmaster forum ankara escort bayanpornoKartal EscortПроститутки Бишкекаeskort izmirsexkamagra jelporno seyretbrazzers pornapaykasamanavgat escortside escortpornoinstagram takipçi satın almaescort beylikdüzüataköy escortoyun indirteknoloji haberleri aslantekpenis büyütücüpromosyon ürünleripromosyonpaykasa

tipobet365 giriş

bahis sitelerişifalı bitkilerpromosyon kalempromosyon ajandabetsix girişforexpromosyon powerbankpaykasa

Maltepe Escort ⭐❤ Kartal Escort ⭐❤ Pendik Escort ⭐❤ http://www.sehirfirsati.com.tr Vip Elit Bayanlar Grup Anadolu Yakası Eskort Bayan.

canlı bahislig tv izlemaç yayınlarıjustin tv izleشركة فوركس

Maltepe Escort ⭐❤ Kartal Escort ⭐❤ Pendik Escort ⭐❤ http://www.sehirfirsati.com.tr Vip Elit Bayanlar Grup Anadolu Yakası Eskort Bayan.

Maltepe Escort ⭐❤ Kartal Escort ⭐❤ Pendik Escort ⭐❤ http://www.sehirfirsati.com.tr Vip Elit Bayanlar Grup Anadolu Yakası Eskort Bayan.

canlı bahis siteleriزراعة الشعر في تركياcanlı maç izleseks hattıgambetinginstagram takipçi hilesi trend topic satın al istanbul evden eve nakliyat maltepe çilingir instagram unfollowers instagram takipçi satın al yenikredinotu sex hikayeleriastropaygölcük escortr57 indirsex hattıWordpress Adult Themes şişli evden eve nakliyat/şehirlerarası nakliyat buca escortrize escortkeşan escort
Web Tasarım iphone 6 ekran cam değişimi